Saltar para o conteúdo
tecnologia_sala_aula

Tecnologia em sala de aula: 7 tendências para 2024

Com o progresso diário das inovações, dentro e fora da sala de aula, todo ano letivo tem começado com esse desafio: tornar a tecnologia uma aliada. O que a equipe gestora precisa ter em mente é que é possível fazer desse cenário um lugar de inovação e criatividade a favor do processo de aprendizagem.

Por isso, separamos 7 tendências que vão nortear a tecnologia da educação em 2024 e que você, enquanto gestor escolar, precisa conhecer.

1. Inteligência Artificial

É impossível não falarmos dessa tecnologia, porque deixou de se tornar tema de filme para estar presente, de fato, no dia a dia da educação. A também chamada IA é uma área da computação que desenvolve dispositivos inteligentes por meio de dados e informações digitais.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, que já observa o tema há algum tempo, publicou o documento intitulado “Recomendação Internacional da UNESCO sobre Ética na Inteligência Artificial (IA)”, com o objetivo de servir como primeiro instrumento global de definição de padrões quanto à ética envolvendo a IA.

Na educação, suas aplicações podem envolver ensino horizontal, favorecendo buscas e construções em grupo, exploração de ferramentas da internet, avaliações diversas com uso de banco de dados, além do corpo docente, com a capacitação de professores e a otimização do planejamento de aula, por exemplo.

Ferramentas como o ChatGPT, embora polêmicas, exemplificam como a IA pode ser usada para criar textos educativos e promover a pesquisa autônoma. Trata-se de um programa de inteligência artificial que cria textos a partir de padrões que são direcionados pelo próprio usuário. No entanto, é crucial abordar questões éticas, garantindo que seu uso promova o aprendizado genuíno em vez de comprometer a integridade acadêmica.

ChatGPT e outras IAs na Educação

2. Crowdsourcing

Esse é um termo que envolve a capacidade de gerar ambientes colaborativos e de aproveitar a sabedoria coletiva. São espaços virtuais projetados para se trabalhar a resolução de atividades, somando ideias e recursos de todos os tipos.

Ao redor do mundo, são vários os exemplos bem-sucedidos dessa fusão de conhecimento. O site Quora é um dos mais populares, em que as perguntas depositadas são respondidas pela comunidade, de acordo com o conhecimento específico de cada um.

Já pensou em colocar isso em prática na sala de aula? Como as experiências individuais e os conhecimentos adquiridos por cada aluno podem ser importantes no desenvolvimento de um trabalho?

3. Blended learning ou ensino híbrido

O ensino híbrido, popularizado durante a pandemia, continua sendo uma tendência vital na educação. Mais do que simplesmente fornecer dispositivos aos alunos, o ensino híbrido envolve a integração equilibrada do ensino tradicional com inovações digitais. A tecnologia, nesse contexto, pode incluir softwares educacionais, materiais de conteúdo complementar e estratégias de avaliação mais dinâmicas.

Com isso em vista, é fundamental uma adequação específica do plano pedagógico e a avaliação da gestão do tempo na escola. Aliás, esse momento pode ser ideal para se pensar na inclusão de softwares ou materiais de conteúdo complementar no processo de ensino.

O destaque vai para ferramentas como o Edify Play, que oferece uma abordagem gamificada para envolver os alunos no aprendizado de inglês. Ao integrar essa plataforma, as escolas têm a oportunidade de personalizar o ensino, proporcionando uma experiência de aprendizado mais rica e envolvente.

Conheça o Edify Play!

4. Jornada digital

Fortemente associada ao fortalecimento do ensino híbrido, o seu conceito está ligado ao uso da tecnologia nas diversas etapas de relacionamento entre aluno e instituição de ensino. E isso envolve matrícula, portal de informações, envio de dados, assinatura digital, acompanhamento de conteúdos e, claro, o ensino de forma integral.

Por isso, redes de educação que querem se tornar cada vez mais relevantes para seus alunos devem pensar em qual grau da jornada digital ela se encontra.

Além disso, é possível encontrar grandes parceiros nessa trajetória importante de inserção da tecnologia em sala de aula. O Edify é uma empresa aliada nesse assunto quando o tema é ensino bilíngue. São diversas as ferramentas que ajudam alunos e professores a aumentar a relação com o ensino por meio de plataformas digitais.

O Edify Play é o melhor exemplo disso, sendo uma plataforma com atividades complementares para todos os alunos. Um espaço gamificado com tarefas, acervo digital, além de um local exclusivo self-access. Outra opção é o Edify Online, um ambiente de aprendizado autônomo, online, e que tem como objetivo fazer com que todos se sintam parte do grupo bilíngue para usar seu inglês com confiança.

E não temos soluções somente do ponto de vista dos alunos. O Teacher’s Toolkit é uma plataforma de planejamento e personalização de aulas feita para os professores Edify e com a finalidade de reduzir o tempo e a dificuldade desse processo.

5. Realidade Aumentada (RA) e Realidade Virtual (RV)

A Realidade Aumentada (RA) e a Realidade Virtual (RV) têm o potencial de revolucionar a forma como os alunos interagem com o conteúdo educacional. A RA oferece sobreposições digitais ao mundo real, enquanto a RV proporciona experiências imersivas em ambientes virtuais.

Ao incorporar essas tecnologias, as escolas podem transformar conceitos abstratos em experiências tangíveis. Imagine estudar anatomia através de uma experiência em RV, explorando o corpo humano em 3D. Essa abordagem prática e envolvente tem o poder de cativar os alunos e aprimorar a compreensão de conceitos complexos.

6. Aprendizado Adaptativo: Personalizando o Caminho do Conhecimento

O aprendizado adaptativo, impulsionado por algoritmos inteligentes, é uma tendência que visa personalizar o caminho do conhecimento para cada aluno. Ao analisar o desempenho individual, o sistema ajusta o conteúdo e a complexidade das atividades, adaptando-se às necessidades específicas de cada estudante.

Ao integrar o aprendizado adaptativo, as escolas podem criar ambientes de aprendizado mais inclusivos e eficazes. Ferramentas como Edify Play, ao abraçar essa tendência, oferecem trilhas de aprendizado personalizadas, atendendo ao ritmo e estilo de aprendizado de cada aluno. Essa abordagem personalizada não apenas otimiza o processo de aprendizado, mas também aumenta o engajamento e a eficácia do ensino.

7. Ferramenta para Planejamento de Aula: o Teacher’s Toolkit

Uma tendência que ganha destaque em 2024 é o uso de ferramentas avançadas para o planejamento de aulas, com especial destaque para o Teacher’s Toolkit. Este recurso inovador oferece uma abordagem abrangente e eficaz para a preparação e execução de aulas, proporcionando aos educadores uma plataforma digital e editável que se adapta às demandas do ensino contemporâneo.

O Teacher’s Toolkit não é apenas uma ferramenta para organizar informações; é uma abordagem pedagógica que se adapta aos métodos de ensino contemporâneos. Ao oferecer guias, materiais e sugestões de atividades, a ferramenta promove uma experiência de planejamento dinâmica e colaborativa. A capacidade de personalizar planos de aula de acordo com as necessidades específicas dos alunos, combinada com a praticidade de acesso a recursos educacionais, posiciona o Teacher’s Toolkit como uma ferramenta essencial para impulsionar a eficácia do ensino no ambiente digital do século XXI.

Por dentro da plataforma Teacher’s Toolkit do Edify

Para ter acesso a essa e outras tecnologias em sala de aula, fale com nossos especialistas.

Diferencie a sua escola!
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

combate_ao_bullying

Combate ao bullying: 5 atividades para as aulas de inglês

A cada ano, pessoas ao redor do mundo se unem para reforçar a importância de uma luta diária: o combate ao bullying, incentivando a empatia e fortalecendo os laços de afeto. Substantivo da língua inglesa,…

dia_internacional_das_mulheres

Dia Internacional das Mulheres: 8 Ideias Para as Aulas de Inglês

O Dia Internacional das Mulheres é uma celebração global que reconhece as conquistas e a luta contínua das mulheres por igualdade de direitos e oportunidades. Essa data, comemorada em 8 de março, oferece uma oportunidade…