Saltar para o conteúdo
pned_tecnologia_sala_aula

PNED e tecnologia na sala de aula

Você já ouviu falar sobre PNED? Já imaginou como a tecnologia pode transformar a forma como os alunos aprendem e os professores ensinam?

Neste artigo, vamos abordar a influência da Política Nacional de Educação Digital (PNED) na integração da tecnologia em sala de aula e o seu papel no desenvolvimento de competências digitais na Educação Básica por meio do ensino de computação, programação e robótica. Com o objetivo de preparar os estudantes para o mundo digital e o mercado de trabalho, essa política é fundamentada em quatro pilares principais: inclusão digital, educação digital nas escolas, capacitação para o mercado de trabalho e estímulo à inovação, pesquisa e desenvolvimento.

Ao democratizar o acesso à tecnologia na Educação Básica e alinhá-la à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a PNED promove a educação digital tanto para alunos quanto para professores, frente a isso, com base nas informações e discussões apresentadas por especialistas do Edify (Nelson Toledo e Gilson Cavalcanti), examinaremos como as novas legislações e políticas públicas na área da educação impactarão nossa realidade. Esteja preparado para explorar os benefícios da PNED e descobrir como a tecnologia pode enriquecer de forma significativa a experiência em sala de aula.

Você sabe o que é a PNED?

A Política Nacional de Educação Digital (PNED) é uma iniciativa que visa desenvolver competências digitais na Educação Básica e ajudar os alunos a se tornarem mais habilidosos com a tecnologia desde cedo. Aprovada pela lei 14.533 de 2023, a PNED tem como objetivo democratizar o acesso à tecnologia nas escolas, preparar os estudantes para o mundo digital e o mercado de trabalho e fomentar a inovação e pesquisa em tecnologia educacional. A política propõe uma transformação na forma como a educação aborda as habilidades digitais, incluindo o ensino de computação, programação, robótica e outras áreas relacionadas de maneira transversal. Aliás, a PNED busca alinhar-se com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e promover uma educação mais inclusiva, dinâmica e alinhada com as demandas da sociedade digital.

O que são esses 4 eixos?

A PNED é baseada em quatro pilares principais, que vamos explorar mais a fundo.

Inclusão digital

O primeiro pilar é a inclusão digital, que tenta garantir que todas as pessoas tenham acesso e habilidades para usar a tecnologia. Isso é importante para que ninguém seja deixado de fora das oportunidades que o mundo digital oferece, independentemente de idade, condição financeira ou deficiência.

Educação digital nas escolas

O segundo pilar é a educação digital nas escolas, que tem como objetivo ensinar aos alunos habilidades digitais desde cedo. Isso inclui navegar na internet com segurança, avaliar informações, entender privacidade e segurança online, usar ferramentas digitais efetivamente e muito mais. Essas habilidades são essenciais para lidar com o mundo digital em constante evolução.

Capacitação e especialização digital

Já o terceiro pilar é a capacitação e especialização digital, que se concentra na formação e no desenvolvimento dos educadores e profissionais da educação. O objetivo é garantir que essas pessoas tenham conhecimentos digitais necessários para trabalhar em um mercado cada vez mais dependente da tecnologia.

Pesquisa e desenvolvimento em tecnologias da informação e comunicação

Por fim, temos o pilar de pesquisa e desenvolvimento em tecnologias da informação e comunicação, que busca incentivar a pesquisa e o desenvolvimento de novas tecnologias, como internet, computadores, celulares e softwares. O objetivo é impulsionar o progresso e a inovação, permitindo que o Brasil acompanhe os avanços tecnológicos e crie soluções inovadoras.

A PNED reconhece a importância das tecnologias da informação e comunicação em diversos setores da sociedade, como comunicação, educação, saúde, economia e cultura. Portanto, vemos como é essencial investir em pesquisa e desenvolvimento nessa área, estabelecendo parcerias e colaborações internacionais para fortalecer a capacidade do país nesse campo.

E aí, a PNED já foi aprovada?

Recentemente, a PNED foi, sim, sancionada, porém alguns pontos importantes foram vetados, o que mostra que sua implementação enfrenta desafios. Vamos dar uma olhada nos vetos de forma resumida:

Veto 1: um dos vetos diz respeito à inclusão da PNED na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Isso significa que qualquer mudança na BNCC precisa passar pelo Conselho Nacional de Educação e ser aprovada pelo ministro da Educação. Faz-se importante garantir que a inclusão da PNED no currículo seja feita de maneira adequada, seguindo os procedimentos corretos.

Veto 2: outro veto diz respeito à prioridade de programas de curta duração em tecnologia computacional no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O veto indica que essa prioridade não será aplicada, embora não tenha sido explicado o motivo. Isso pode refletir preocupações com alocação de recursos ou outras questões financeiras.

Veto 3: o terceiro veto está relacionado à definição de livro, que também está sendo discutida em um projeto de lei no Congresso Nacional. O veto destaca que, com o surgimento de novos formatos e tecnologias, a definição de livro precisa ser revista de forma mais ampla, considerando as transformações digitais em andamento.

Esses vetos mostram os desafios e complexidades enfrentados pela PNED em sua implementação, envolvendo questões legais, financeiras e adaptação a novas realidades tecnológicas. No entanto, faz-se importante destacar que esses vetos não invalidam a PNED como um todo, mas representam ajustes e discussões necessárias para garantir uma implementação eficaz e alinhada às necessidades atuais da educação digital.

PNED na gestão escolar

A PNED interfere na gestão escolar ao exigir um planejamento estratégico, garantir a disponibilidade de infraestrutura tecnológica adequada, promover a formação dos professores, gerenciar os recursos financeiros de maneira adequada, avaliar e monitorar o uso das tecnologias digitais e garantir a inclusão digital.

A gestão escolar desempenha um papel fundamental na implementação efetiva da política, garantindo que as tecnologias digitais sejam integradas de maneira significativa e alinhadas aos objetivos educacionais. Isso requer uma liderança forte, tomada de decisões eficaz e o envolvimento ativo de toda a equipe gestora, para garantir que a PNED seja implementada com sucesso.

E como o Edify pode ajudar?

O Edify oferece soluções tecnológicas para auxiliar professores e alunos na sala de aula. Com o “Teacher’s Toolkit“, os professores têm acesso a recursos e conteúdos relevantes, o que facilita o planejamento e a execução das aulas. Essa ferramenta ajuda os professores a personalizar suas aulas de acordo com suas necessidades acadêmicas, simplificando seu trabalho e permitindo que se concentrem em proporcionar uma experiência de aprendizagem enriquecedora.

Além disso, você conhece ou já viu a plataforma do Edify? Ela está em constante evolução, buscando ser cada vez mais moderna e intuitiva, atendendo às necessidades dos estudantes de maneira eficiente. Com atualizações e aprimoramentos constantes, o Edify leva em consideração os avanços tecnológicos e as melhores práticas em educação, garantindo uma experiência educacional de qualidade.

O Edify entende a importância do professor e o papel central que desempenha no sucesso das iniciativas digitais, por isso, desenvolve soluções específicas voltadas para os professores, visando facilitar seu trabalho e fornecer ferramentas que os ajudem a planejar e executar suas aulas de forma eficiente. Ao mesmo tempo, a plataforma do Edify busca atender às necessidades dos alunos, oferecendo uma experiência de aprendizagem moderna e envolvente.

Parceria com a codeBuddy

O Edify fez uma parceria com a codeBuddy, uma plataforma de programação divertida para crianças. A plataforma ajuda os alunos a aprender programação de forma envolvente, usando temas da Disney para tornar a experiência ainda mais interessante. Com essa parceria, os alunos podem desenvolver habilidades essenciais para se destacar na era digital.

Ainda, a codeBuddy oferece treinamento especializado para os professores, garantindo que eles possam ensinar programação de forma eficaz. A plataforma também oferece suporte e assistência tanto para professores quanto para alunos durante todo o processo de aprendizagem. Os cursos são adaptados para diferentes faixas etárias e níveis de habilidade dos alunos, bem como estão disponíveis em português e inglês, ampliando as oportunidades de aprendizado e desenvolvimento de habilidades de programação em um contexto globalizado.

Com a parceria entre o Edify e a codeBuddy, os alunos têm a oportunidade de se divertir enquanto aprendem programação, preparando-se para o mundo digital e se tornando criadores ativos de tecnologia.

O Edify está pronto para trazer o futuro para a sua escola!

Com o Edify, você pode transformar a sua instituição e levá-la de vez para a era da comunicação e educação digital. Acesse edifyeducation.com.br e conheça todas as propostas inovadoras que o Edify tem para oferecer!

Descubra o potencial da tecnologia na educação baixando nosso Ebook

Faça o download do e-book!
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

dia_internacional_das_mulheres

Dia Internacional das Mulheres: 8 Ideias Para as Aulas de Inglês

O Dia Internacional das Mulheres é uma celebração global que reconhece as conquistas e a luta contínua das mulheres por igualdade de direitos e oportunidades. Essa data, comemorada em 8 de março, oferece uma oportunidade…

projeto_bilingue

Projeto Bilíngue: O que é e como funciona?

Com a globalização cada vez mais presente em nossas vidas, a importância do aprendizado de línguas estrangeiras tem se destacado no cenário educacional. Nesse contexto, o projeto bilíngue tem se tornado uma abordagem popular para…