Saltar para o conteúdo
planejamento-escolar

O que é planejamento escolar e para que serve? Entenda!

A escola é uma organização criada com a finalidade de promover a disseminação dos conhecimentos científicos elaborados ao longo da história por meio de processos de ensino-aprendizagem eficazes. Por isso, ressaltamos a importância do planejamento escolar para que esse objetivo seja alcançado, uma vez que é nesse plano educacional que são traçadas as estratégias para que a educação aconteça de forma concreta no dia a dia escolar.

Mas no que consiste um planejamento escolar? Quais são suas necessidades e obrigatoriedades? Confira tudo sobre esse tema tão importante para as escolas!

Afinal, o que é o planejamento escolar?

Quando pensamos em atingir um objetivo, automaticamente precisamos pensar em um planejamento com todas as estratégias, metas, ações e prazos a serem cumpridos, assim como qual será o método utilizado para realizar o monitoramento do planejamento elaborado.

Portanto, podemos definir o planejamento escolar como um documento com a descrição do processo de organização e coordenação da ação docente, elaborado com o objetivo de garantir a execução das atividades escolares ao longo do ano letivo.

A partir desse planejamento, é possível colocar em prática o plano de ação que norteará a proposta pedagógica, as atividades educacionais, a matriz curricular e as metodologias de ensino que serão adotadas pela escola no processo de ensino-aprendizagem.

Por que elaborar o planejamento escolar?

Como o planejamento escolar possui a função de direcionar o funcionamento da escola durante o ano letivo, a elaboração deste documento se mostra fundamental para o bom funcionamento de uma instituição educacional.

Nele, devem estar definidos os conteúdos a serem ensinados, a ordem dos mesmos, os métodos e datas de avaliação, as atividades extracurriculares, assim como as ações para que o calendário escolar seja cumprido, sempre considerando as diretrizes da BNCC e o Projeto Político Pedagógico da escola.

É válido ressaltar que as escolas têm liberdade para criar ou adotar os projetos e as metodologias de ensino que acreditem, desde que garantam o processo de aprendizagem dos alunos, de acordo com a idade e o nível educacional que eles se encontram.

O planejamento escolar também pode ser composto por meio de planos de ação, com objetivos específicos, nesse caso, os respectivos responsáveis precisarão elencar as melhores estratégias para alcançá-lo.

Ainda que os objetivos específicos sejam definidos, não podemos perder de vista o fato de que o planejamento deve abranger os objetivos macro, que influenciam a organização escolar como um todo. A partir dessa visão mais ampla do funcionamento da escola, é possível ir afunilando até chegar à elaboração dos planos de aula por cada professor em disciplina de atuação.

O planejamento escolar também pode abranger questões burocrático-administrativas, como o uso dos espaços comuns do prédio escolar – pátio, quadras, bibliotecas, laboratórios, etc.

Nele, também deve constar a elaboração de um calendário geral para alunos e professores, ou seja, o plano escolar é uma espécie de guia para toda a comunidade escolar.

Quem são os responsáveis pelo planejamento escolar?

Todos os membros da equipe pedagógica devem participar da elaboração do planejamento, uma vez que ele impactará diretamente no trabalho dos envolvidos durante todo o ano letivo.

Portanto, todos devem participar das reuniões para a definição das pautas do planejamento escolar: gestores, diretores, professores, coordenadores, orientadores e demais funcionários que estejam envolvidos com as ações do calendário escolar.

Essas reuniões devem acontecer antecipadamente no início do ano letivo, a fim de que o planejamento esteja finalizado antes das aulas começarem. Os membros da equipe devem discutir o funcionamento da instituição escolar como um todo e também quem serão os responsáveis por cada uma das atividades e ações estratégicas definidas no planejamento.

Isso significa que todos os participantes devem pensar juntos sobre como atingir os objetivos da escola no ano letivo escolar. Logicamente, quando se trata dos planos de aula de uma disciplina específica, cabe ao professor responsável elaborar todos os planos de aula, podendo solicitar o auxílio do coordenador pedagógico. Esse trabalho em conjunto é fundamental para a promoção de uma gestão escolar democrática e participativa.

Ao contratar as soluções Edify, sua escola tem um verdadeiro parceiro que dará todo o suporte necessário para a elaboração do planejamento pedagógico, uma vez que nossos mentores pedagógicos acompanham a coordenação escolar e os professores para elaborar o melhor planejamento para aulas em inglês, visando sempre a promoção do ensino bilíngue e o desenvolvimento dos alunos utilizando melhores práticas pedagógicas.

Os mentores Edify atuam ativamente como um parceiro da escola, dando todo o suporte necessário para a implementação dos programas bilíngues, elaboração do planejamento pedagógico e até a execução do mesmo.

Saiba mais sobre o Edify!

Quais são os pontos de partida do planejamento escolar?

Os profissionais que trabalham na escola, com certeza, estão profundamente envolvidos nas atividades e no dia a dia da escola, por isso, já executam muitas tarefas que devem compor o planejamento escolar.

Mas, apesar de todo esse envolvimento, muitos pontos de melhoria acabam passando despercebidos pelos integrantes da equipe pedagógica. Por isso, mais uma vez reforçamos a importância de buscar parceiros especializados que oferecem programas educacionais completos e acompanham a equipe pedagógica durante todo o ano letivo.

É preciso ressaltar que um novo planejamento não deve ser completamente igual ao do ano interior. Por isso, é fundamental que os envolvidos na elaboração desse planejamento proponham melhorias e inovações, não apenas para promover o aprendizado dos alunos, mas também para engajá-los nas atividades escolares, participando ativamente dos projetos escolares.

Elencamos alguns pontos de partida para a elaboração do planejamento escolar que devem estar no radar dos profissionais da escola:

1. Elaboração do calendário escolar

Considerar quando iniciará e quando fechará o ano letivo é fundamental para a elaboração do planejamento escolar, afinal, todas as ações devem estar organizadas nesse período.

Mas isso não significa que a equipe pedagógica não pode inovar em seu calendário, aproveitando algumas datas especiais para envolver os alunos em projetos inovadores, que vão além das atividades comuns dos anos anteriores.

Pode ser uma excelente oportunidade de engajar os alunos em atividades extraclasse para que atuem ativamente no seu próprio aprendizado.

Aproveite e leia também sobre quando planejar o ano letivo aqui no blog do Edify!

2. Infraestrutura da escola

A elaboração do planejamento escolar também possibilita que os participantes possam sugerir melhorias na infraestrutura da escola.

E não estamos falando necessariamente na construção de novas salas e laboratórios, mas em uma possível ressignificação dos espaços escolares, para um melhor aproveitamento por parte de docentes e estudantes.

3. Novas metodologias de ensino

O momento de planejamento escolar também é ideal para os responsáveis pelo processo de ensino-aprendizagem proporem novos métodos para a promoção do ensino, como é o caso da implementação das metodologias ativas de ensino.

Atualmente, encontramos gerações de alunos completamente diferentes em sala de aula, são conhecidos como nativos digitais. Esses alunos estão crescendo em um mundo totalmente conectado, dinâmico e com um ritmo intenso de captação de informações, por isso, é urgente que as escolas se preparem para essa mudança, adotando novas estratégias de ensino.

Aproveite e conheça mais sobre as Metodologias Ativas aqui em nosso blog!

4. Novas tecnologias educacionais

Acompanhando o tópico anterior, é válido também estudar sobre implementar estratégias de ensino que vão ao encontro das novas tecnologias educacionais.

A gamificação no contexto do microlearning e mobile learning, por exemplo, se apresenta como uma metodologia ativa muito eficaz para engajar os alunos, que estão habituados a fazer uso das tecnologias atuais. Isso torna o processo muito mais interessante para crianças e adolescentes, uma vez que eles têm total familiaridade com o uso dos dispositivos tecnológicos.

Claro que a gamificação vai muito além desse exemplo que trouxemos. Leia nosso post sobre gamificação e saiba mais sobre esse eficiente método de ensino-aprendizagem!

5. Participação ativa dos pais e alunos

Ao elaborar o planejamento escolar, a equipe pedagógica também pode pensar em atividades e projetos que envolvam os pais e alunos.

A participação dos pais na educação dos filhos é fundamental, por isso, o planejamento também pode abranger atividades que contem com todos os participantes da comunidade escolar para fortalecer a construção do aprendizado.

Afinal, não é possível desconsiderar os vínculos afetivos e emocionais entre pais e filhos, uma vez que a participação da família é essencial para o desenvolvimento saudável da criança nos aspectos cognitivos, afetivos, comportamentais e sociais. Então, também é dever da equipe responsável pelo planejamento pedagógico incluir os pais na vida escolar dos seus filhos.

Você quer saber mais sobre planejamento e gestão escolar? Confira outros conteúdos aqui em nosso blog!

Aproveite e leia também:

Referências:

BERBEL, Neusi Aparecida Navas. As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências sociais e humanas, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular, 2017.

Dias, S. G., Oliveira, F. P. de, Moreira, J. N. P. de S., Silva, L. B. da, & Suassuna, M. A. F. M. (2020). A importância da participação dos pais na educação dos filhos no contexto escolar. In Série Educar- Volume 8 – Educação Infantil. Editora Poisson.

Compartilhe esse texto!

Avatar de Edify Education

Edify Education

O Edify Education está presente em centenas de escolas em todo o Brasil. Com a missão de proporcionar uma educação bilíngue de alta qualidade para todos, nascemos para promover evoluções reais, que refletem no protagonismo de cada aluno na própria jornada de aprendizagem. Nossas soluções nos levou a ganhar vários prêmios, como o 3° lugar no prêmio de votação popular Top Educação 2021 e o 1º lugar no ELTons Innovation Awards.

Veja textos relacionados:

Orientador educacional: qual é seu papel na escola do futuro?

Os profissionais da educação são fundamentais para que o processo educacional aconteça e os estudantes tenham acesso aos conteúdos e desenvolvam suas habilidades e capacidades a partir deles. Mas, logicamente, precisamos pensar na educação como…

Professora conversando com alunos

Qual é o papel do professor na atualidade? Confira!

As mudanças na educação são intrínsecas aos avanços tecnológicos da globalização que, definitivamente, modificou a forma como a sociedade se comporta atualmente. E, dentre as muitas relações sociais, a educação é, sem dúvidas, a mais…