Saltar para o conteúdo
Professor em sala de aula

Métodos de aprendizagem: quais são e como escolher?

O cérebro humano e toda a sua capacidade estão na lista das coisas mais fascinantes e, ao mesmo tempo, complexas do mundo!

O processo de aprendizagem tem correlação direta com essa realidade, uma vez que trata-se de uma das potencialidades neurológicas mais fundamentais do ser humano.

Contudo, os métodos de aprendizado são muito subjetivos, podendo funcionar muito bem para uma pessoa e não para outras, principalmente quando consideramos os fatores socioemocionais.

Por que algumas pessoas têm dificuldade de aprender determinado conteúdo, mesmo experimentando diferentes formas de aprendizado? Já conheceu estudantes que apenas ouvindo sobre determinado assunto, passaram a dominá-lo? Enquanto outros não conseguem compreender muito bem o porquê de não aprenderem tão eficientemente como os outros?

Saiba que os métodos de aprendizagem são a resposta para todas essas indagações. Por isso, nós, do Edify, compilamos as 5 metodologias de aquisição de conhecimento mais conhecidas e validadas cientificamente, bem como respondemos às dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Continue a leitura para aprender mais sobre o tema!

Saiba mais sobre os programas Edify!

Conheça os 5 principais métodos de aprendizagem

Quem é da área da educação, sem dúvidas, sabe o quanto os métodos de aprendizagem são fundamentais para a construção de conhecimentos e para promover uma aprendizagem significativa para os estudantes. Confira quais são os 5 principais métodos de aprendizagem conhecidos na atualidade.

1. Método Tradicional de Ensino

Este é o mais conhecido de todos, haja vista que foi por meio dele que a maioria dos brasileiros aprendeu. O método tradicional é aquele em que há uma aula expositiva transmitida pelos professores e recebida pelos discentes, isto é, o docente fala enquanto os estudantes são passivos do conhecimento.

Posteriormente, existem algumas atividades para que o conteúdo seja fixado e, por último, a famosa prova é realizada. Não obtendo bom rendimento nela, é possível fazer outra avaliação recuperativa ou, então, repetir o ano/semestre.

Isso evidencia a essência vertical deste modelo de aprendizado, ou seja, a participação de estudantes é passiva e receptiva a partir de uma relação hierárquica com o professor.

Apesar de este método ter formado incontáveis pessoas, existem críticas que dizem respeito, principalmente, a falta de autonomia dos estudantes.

2. Método Montessori

Este método foi criado por uma médica e educadora italiana chamada Maria Montessori, que entendeu que as crianças podem e devem ser seres autônomos, sempre, claro, respeitando seus limites.

A ideia central da metodologia Montessoriana é estimular que crianças aprendam sozinhas e, assim, consigam expandir seus conhecimentos por meio da liberdade e da curiosidade, sempre conhecendo experiências diversificadas, aprendendo com cada uma delas e, assim, ampliando a criatividade.

Aqui, a figura do professor é importante para auxiliar que as crianças sejam direcionadas, mas não para responsabilizar-se exclusivamente pela transmissão de conhecimento.

O interessante é que cada estudante tem um processo único que dita o seu ritmo de aprendizagem e novos conhecimentos vão sendo aprendidos de acordo com essa evolução. Por isso, estudantes de diferentes idades estudam juntos, os objetos e móveis da sala de aula são pensados a fim de promover a independência e o plano de aula tem viés multidisciplinar.

3. Método Construtivista

Desenvolvido pelo biólogo, psicólogo e epistemólogo suíço, Jean Piaget, o método Construtivista preconiza a interação como elemento chave do processo de aprendizagem.

Nessa metodologia, a escola age de forma intencional para criar situações que instiguem o estudante a buscar conhecimento e, desse modo, assumir o posto de protagonista, enquanto o professor atua como um mediador do conhecimento.

Ou seja, o estudante passa a ter um papel muito mais ativo e a desenvolver maior responsabilidade e senso crítico. Para tanto, o currículo escolar é pensado de maneira individual para ir de encontro com os diferentes perfis.

Este método entende que conhecer é uma construção que deve ser assumida pelos estudantes. Trata-se, sobretudo, de uma das metodologias ativas.

4. Método Waldorfano

O método Waldorfano foi desenvolvido por Rudolf Steiner, um filósofo austríaco.

Nesse modelo de aprendizagem, as crianças são estimuladas por meio de atividades artísticas, manuais, sensoriais e corporais e não por intermédio de apostilas e livros didáticos. Assim, incentiva-se a criatividade e a imaginação.

Além disso, considera-se que os primeiros sete anos de idade são decisivos e fundamentais para o processo de aprendizagem da criança. Por isso, as escolas que adotam esse modelo trabalham de maneira a harmonizar não apenas o aspecto intelectual, mas o físico e o espiritual também.

Cada estudante é visto como um ser singular, portanto, todo o processo de aprendizado deve considerar a individualidade e privilegiar o aspecto pensante, bem como a ação, unindo, assim, a prática e a teoria.

Um ponto importante dessa metodologia é que tanto os pequenos atos do dia a dia quanto a entidade familiar têm importante papel no desenvolvimento dos estudantes.

5. Método Sócio-interacionista

Já o método de aprendizagem sócio-interacionista foi desenvolvido por Lev Vygotsky, um psicólogo bielorrusso.

Nele, considera-se que a interação entre o estudante e a sociedade é essencial para o processo de aprendizado, considerando que o ambiente pode transformar o indivíduo e vice-versa.

Assim, o contato entre estudantes, trabalhos em grupo e práticas sociais são amplamente difundidos pelo professor, que servirá como um mediador, para que os estudantes possam desenvolver-se e consolidar suas habilidades.

Entendidos os cinco métodos de aprendizado mais conhecidos, convém entender alguns outros pontos de igual importância: o conceito de metodologia de aprendizagem, os seus cinco modelos ativos e como encontrar a maneira certa pela qual será possível identificar o método que combina mais com sua escola.

O que são métodos de aprendizagem?

Por métodos de aprendizagem entendem-se as etapas por meio das quais a aprendizagem de determinado conteúdo é alcançada. Ou seja, é todo o trajeto percorrido e a forma pela qual isso se dará para que se torne possível aprender.

E é por esse motivo que existem vários métodos: cada caminho deve ser percorrido considerando a identificação do estudante para assimilar melhor e aprender de fato.

Daí a importância dos professores e as escolas adotarem um método e aplicarem as suas metodologias no desenvolvimento pessoal de seus estudantes, a fim de guiarem o processamento de informações e a retenção de conhecimento.

Para entender mais sobre como as pessoas aprendem, leia o nosso artigo sobre como funciona o processo de aprendizagem.

Quais são as cinco metodologias ativas?

Nesse horizonte de ideais, surgem as metodologias ativas como importantes instrumentos que colocam os estudantes enquanto atores principais do processo de aprendizado.

Hoje, existem vários modelos diferentes de metodologias ativas que podem auxiliar estudantes com perfis diferentes, abaixo você pode ver cinco deles:

  • Aprendizagem baseada em projetos: nela, os estudantes são levados a desenvolver projetos por conta própria e com a supervisão do professor. Dessa forma, são trabalhadas habilidades e alcançados os conhecimentos;
  • Aprendizagem baseada em casos: aqui, o estudante elabora questionamentos a respeito dos assuntos e tenta respondê-los posteriormente, o que contribui para que os discentes alcancem a habilidade prática;
  • Sala de aula invertida: neste modelo, os estudantes estudam o conteúdo previamente em casa, para que, depois, promovam as discussões em sala, desenvolvendo o senso crítico, bem como o desempenho com pesquisas e com a oratória;
  • Simulação: este método preconiza a preparação, a simulação e a avaliação de uma ação ou um problema, impactando o senso organizacional e de resolução;
  • Aprendizagem baseada em problemas: aqui, há a compreensão de um problema, seguida de dificuldades a serem superadas pelos estudantes mediante a identificação de possíveis soluções.

O programa Premium do Edify, por exemplo, é desenvolvido com foco na metodologia Problem-based learning (Aprendizagem Baseada em Projetos) que tem atividades que trabalham a oralidade espontânea e as habilidades socioemocionais dos alunos, que se desenvolvem para falar em público, trabalhar em equipe, além de aprimorarem a inteligência emocional.

Inclusive, leia também sobre os benefícios da metodologia ativa do PBL na aprendizagem do inglês.

Qual o melhor método de aprendizado?

Não é possível indicar um método de aprendizado como o melhor em detrimento dos demais, justamente porque, como anteriormente mencionado, cada metodologia tem características próprias que se enquadram em determinados perfis de estudantes.

Por isso, é importante conhecer o método que melhor atenda a performance de aprendizagem. Para isso, é interessante compreender a finalidade do que está sendo estudado e o perfil do estudante e, enfim, testar para saber qual deles enriquece o processo de aprendizado.

Bem, neste conteúdo você pôde conhecer 5 métodos de aprendizagem que contam com teorias explicativas e fundamentos próprios. Além disso, foi possível entender o que são os métodos de aprendizado, tomar conhecimento sobre cinco tipos de metodologias ativas e compreender como encontrar o ideal.

Continue acompanhando nossos conteúdos para ficar por dentro do universo educacional. Até a próxima!

Diferencie a sua escola!
Compartilhe esse texto!
Avatar de Edify Education
Edify Education

O Edify Education está presente em centenas de escolas em todo o Brasil. Com a missão de proporcionar uma educação bilíngue de alta qualidade para todos, nascemos para promover evoluções reais, que refletem no protagonismo de cada aluno na própria jornada de aprendizagem. Nossas soluções nos levou a ganhar vários prêmios, como o 3° lugar no prêmio de votação popular Top Educação 2021 e o 1º lugar no ELTons Innovation Awards.

Veja textos relacionados:

curadoria_bett_brasil

Bett Brasil: tudo o que você precisa saber

Vamos mergulhar nos principais assuntos discutidos durante a Bett Brasil 2024, a maior feira de educação e tecnologia da América Latina. Aqui, apresentaremos um resumo do e-book produzido pelos especialistas do Edify, sendo uma referência…

ingles_para_criancas

Inglês para crianças: transforme o tempo de tela em aprendizado real com o Edify Play!

No mundo atual, em que a tecnologia se tornou uma parte intrínseca da vida diária, é fundamental encontrar maneiras de integrar o aprendizado às atividades digitais das crianças. No entanto, encontrar plataformas que não apenas…