Saltar para o conteúdo
metodologia_ativa_gamificacao

Metodologia Ativa Gamificação: 5 passos para acompanhar essa tendência

Na sua escola as novas tecnologias são vistas como inimigas ou parceiras da aprendizagem?

O ensino gamificado é uma tendência que tem ganhado mais adeptos ao longo dos últimos anos. Segundo o relatório “The 2019-2024 Global Game-based Learning Market“, da Metaari, uma empresa de pesquisa de mercado que identifica oportunidades para empresas de tecnologia e aprendizagem, a gamificação no ensino deve crescer 15,4% entre 2019 a 2024.

E a ideia por trás da trend é relativamente simples: encantar e envolver os estudantes em jornadas que possuem elementos típicos dos jogos. Isso inclui recompensas, desafios, níveis, pontuações e histórias, tornando o processo de aprendizagem mais dinâmico e prazeroso.

Mas de forma prática, como a sua escola pode aplicar a gamificação no dia a dia das salas de aula? Confira algumas respostas nesse artigo.

Conteúdo do Post

5 Tendências para Ficar de Olho em 2024

1. Realidade Aumentada (RA) e Realidade Virtual (RV)

A utilização de RA e RV no ensino gamificado pode criar ambientes imersivos que tornam a aprendizagem muito mais envolvente e interativa. Imagine uma aula de história onde os alunos podem “visitar” antigas civilizações ou uma aula de ciências onde podem explorar o corpo humano em 3D. Essas tecnologias podem transformar o ensino, proporcionando experiências que seriam impossíveis de outra forma.

2. Personalização da Aprendizagem

A personalização é outra tendência importante. Com a gamificação, é possível adaptar o conteúdo educacional às necessidades individuais de cada aluno. Plataformas de aprendizagem adaptativa podem analisar o desempenho dos alunos e ajustar automaticamente a dificuldade dos desafios e atividades. Isso garante que cada aluno aprenda no seu próprio ritmo e de maneira eficaz.

3. Jogos Educativos Interativos

O desenvolvimento de jogos educativos especificamente projetados para complementar o currículo escolar está em alta. Esses jogos não são apenas divertidos, mas também são projetados para ensinar habilidades e conhecimentos específicos. Eles podem ser usados como uma ferramenta de revisão, para reforçar o que foi aprendido em sala de aula, ou como um meio de introduzir novos conceitos de maneira envolvente.

4. Gamificação de Avaliações

Transformar avaliações em jogos pode diminuir a ansiedade dos alunos em relação aos testes tradicionais e torná-los uma experiência mais positiva. Em vez de provas e exames convencionais, os alunos podem enfrentar “boss battles” ou desafios finais que testam seus conhecimentos de uma forma divertida e menos estressante. Essa abordagem também pode fornecer feedback imediato, ajudando os alunos a identificar áreas que precisam ser melhoradas.

5. Plataformas de Aprendizagem Gamificadas

Plataformas que permitem que os professores criem atividades interativas e desafios para os alunos podem completar tanto em sala de aula quanto em casa. Além disso, elas oferecem ferramentas para monitorar o progresso dos alunos e incentivar a participação contínua, como exemplo o Edify Play que se destaca ao proporcionar uma experiência educacional dinâmica e envolvente. Com recursos como desafios interativos e recompensas progressivas, Edify Play não só motiva os alunos a participarem ativamente, mas também promove um aprendizado personalizado e eficaz.

🎯 + 5 tendências para ficar de olho em 2024.

Afinal, quais são os benefícios da metodologia ativa gamificação na aprendizagem?

Aplicar a gamificação na sua escola pode ser uma saída para gerar mais engajamento dos alunos em sala de aula.

Para além desse benefício tão desejado por educadores e gestores, a gamificação também permite que as crianças e jovens desenvolvam competências socioemocionais importantes para a vida em sociedade, como:

Desenvolvimento do pensamento lógico e criativo

Jogar é uma atividade conhecida por estimular habilidades cognitivas importantes, tais como: raciocínio analítico, coordenação motora, memória e poder de interpretação.

Unir os conhecimentos que as crianças e jovens precisam adquirir na escola com jogos é uma excelente saída para trabalhar diversas habilidades em uma só atividade.

Processo de aprendizagem mais dinâmico e prazeroso

Incrementar as atividades em sala de aula com a gamificação garante que crianças e jovens estejam mais atentos e envolvidos nos exercícios propostos, já que esse tipo de atividade pode ser comparada com outros momentos em que os estudantes se divertem em seus momentos de descanso.

Além disso, a própria natureza das atividades gamificadas, com elementos como: recompensas, desafios, níveis, pontuações, rankings e histórias; permite que a aprendizagem se torne um processo mais dinâmico e atrativo para os estudantes, tão acostumados com os estímulos e recompensas constantes das novas tecnologias e das redes sociais.

Autonomia na aprendizagem

O processo de gamificação do ensino também permite ao estudante ter mais autonomia em sua aprendizagem, uma vez que é protagonista das atividades, tendo na figura do professor um guia no processo.

Com essa metodologia cabe ao estudante se envolver, pensar logicamente e agir para vencer as jornadas propostas.

Interatividade com outros estudantes e competição saudável

A competição nas atividades gamificadas em sala de aula faz parte do processo. Porém, as disputas entre os estudantes ganham contornos positivos, com o estímulo por parte dos docentes para a cooperação e o diálogo.

Por isso, estimular a gamificação das atividades na sua escola pode contribuir para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais importantes, tais como: convivência com as diferenças e estímulo ao diálogo.

💡 Gestão das emoções: 4 formas de aplicar na sua escola.

Mas como acompanhar essa tendência na minha escola?

Até aqui aprendemos o que é a gamificação e os benefícios dessa prática para os estudantes. Mas, em termos práticos, como a sua escola pode começar a aplicar essa metodologia em sala de aula?

Te mostramos algumas ações:

Projetos e missões em grupo

Uma ótima forma de garantir o engajamento dos alunos é envolver as turmas em projetos ou missões de grupos.

Dividir os alunos em pequenas equipes e dar missões complementares para cada uma delas é uma forma excelente de oferecer um texto macro à aprendizagem.

Além de ser envolvente, esse tipo de atividade permite aos estudantes desenvolverem e reforçarem competências socioemocionais.

Conteúdo em fases

Apostar em um dos aspectos mais conhecidos dos jogos, o faseamento da jornada, pode ser uma ótima estratégia para manter as turmas da sua escola envolvidas com os projetos em sala de aula.

Divida as atividades em blocos e bloqueie os conteúdos de forma que só sejam liberados quando o estudante realizar determinada atividade da fase anterior.

Uma excelente estratégia é trazer pequenas recompensas ao longo de toda a jornada, seja em forma de pontuação e pódio ou outro recurso.

Um ótimo exemplo é o Edify Play, uma plataforma de atividades para o aluno que é uma verdadeira revolução no ensino de inglês nas escolas.

Com o Edify Play, o estudante tem uma experiência de aprendizado mais dinâmica e envolvente. Dessa forma, os alunos aprendem e se divertem com conteúdos lúdicos e desafios em inglês separados por fases.

Conheça o Edify Play!

Desafios e premiações

Um dos pilares do ensino gamificado é a recompensa pela participação dos estudantes. Por isso, lançar desafios e garantir aos alunos premiações chamativas são ótimas formas de garantir o engajamento e o interesse de crianças e jovens.

Uma ótima estratégia é associar conceitos e conteúdos importantes com os desafios, instigando os estudantes a fazer uma pesquisa ativa ou relembrar aulas anteriores.

Outra forma de garantir não apenas o interesse, mas também trabalhar a recomposição de aprendizagem no pós pandemia, são gincanas, feiras e exposições. Essa é uma ótima forma de premiar os estudantes garantindo, também, que eles se esforcem para chegar aos resultados esperados.

Enigmas

Uma excelente forma de manter a atenção dos estudantes é combinar a curiosidade com o storytelling por meio de enigmas.

Associar essa prática que, à primeira vista pode parecer antiga, com tecnologias como QR codes, plataformas de aprendizagem e aplicativos de enquetes, garante a participação ativa dos alunos.

🤖 Inteligência Artificial na educação: como aplicar e principais alertas.

A Importância da Formação de Professores para a Metodologia Ativa Gamificação

Para que a metodologia ativa gamificação seja eficaz, é essencial que os professores estejam bem preparados e capacitados para implementá-la. A formação contínua dos educadores é crucial para que eles compreendam não apenas as ferramentas tecnológicas necessárias, mas também as melhores práticas pedagógicas associadas à gamificação. Programas de desenvolvimento profissional que incluem workshops, cursos online e comunidades de prática podem fornecer aos professores as habilidades e o conhecimento necessário para integrar a gamificação de forma eficiente em suas aulas.

Além disso, o suporte institucional é vital. As escolas devem investir em recursos e infraestrutura tecnológica que possibilitem a aplicação da gamificação. Isso inclui acesso a plataformas educacionais gamificadas, dispositivos tecnológicos adequados e um ambiente de aprendizado que fomente a inovação. Plataformas como o Edify Play exemplificam esse suporte ao oferecer dados e relatórios detalhados que permitem aos professores acompanhar de perto o desenvolvimento dos alunos, adaptando suas estratégias de ensino para melhor atender às necessidades individuais e coletivas da classe. Com professores bem treinados e o suporte adequado, a gamificação pode realmente transformar a experiência educacional, tornando-a mais envolvente, interativa e eficaz para todos os alunos.

Transformando a Educação com a Metodologia Ativa Gamificação

A gamificação na educação é uma tendência que veio para ficar. Seus benefícios são evidentes, desde o aumento do engajamento e da motivação dos alunos até o desenvolvimento de competências socioemocionais essenciais para a vida em sociedade. Ao incorporar elementos de jogos nas atividades escolares, os educadores podem criar um ambiente de aprendizagem mais dinâmico, interativo e prazeroso.

Para implementar essa metodologia de forma eficaz, é essencial estar atento às novas tecnologias e tendências, como realidade aumentada, personalização da aprendizagem e plataformas gamificadas. Além disso, é importante promover a autonomia dos estudantes, incentivar a interatividade e a competição saudável, e utilizar recursos como enigmas e desafios para manter o interesse e a curiosidade dos alunos.

A inteligência artificial também desempenha um papel crucial na personalização e eficiência do ensino, oferecendo suporte adicional aos alunos e ajudando os professores a criar planos de aula mais eficazes. Com o uso de ferramentas tecnológicas adequadas, como o SuperApp Agenda Edu e Teacher’s Toolkit, as escolas podem otimizar seus recursos e tempo, focando no que realmente importa: transformar a aprendizagem dos alunos.

Em resumo, a gamificação é uma poderosa aliada da educação moderna, capaz de transformar a forma como os alunos aprendem e interagem com o conhecimento. Ao adotar essa abordagem, as escolas podem oferecer uma experiência educacional mais rica, envolvente e significativa para todos os seus estudantes.

Mais tempo e recursos para levar o pedagógico da sua escola além

Implementar novas metodologias nas salas de aula da sua escola pode ser um desafio levando em conta a demanda de tempo e recursos da sua equipe escolar.

Por isso, contar com um SuperApp que facilita a jornada escolar, desde o pedagógico, passando pela comunicação com alunos e famílias, até o financeiro, pode ser um ponto de virada para a sua instituição.

Com o SuperApp Agenda Edu a sua escola economiza recursos (diga adeus ao gasto desenfreado de papel) e tempo da sua equipe escolar, que pode focar em de fato transformar a aprendizagem dos seus alunos.

Viva o futuro da educação na sua escola hoje! Conheça mais do SuperApp Agenda Edu clicando aqui.

ChatGPT e outras Inteligências Artificiais na Educação
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

Por que aprender inglês é importante

Por que aprender inglês (na escola) é tão importante?

Aprender Inglês é fundamental, pois se trata do idioma mais falado no mundo¹. Sua importância se revela especialmente no mercado de trabalho, na cultura e na economia. Hoje, a formação de cidadãos plurais e com senso crítico…

dia do folclore

Dia do Folclore: Como Comemorar na Escola

O Dia do Folclore, celebrado em 22 de agosto, é uma data que nos convida a mergulhar nas tradições, lendas, mitos e costumes que fazem parte da identidade cultural de um povo. No Brasil, o…