Saltar para o conteúdo
importancia_da_leitura_na_educacao_infantil

A importância da leitura na Educação Infantil à Luz da BNCC

A Educação Infantil é um período crucial no desenvolvimento cognitivo e emocional das crianças, e a promoção da leitura nessa fase desempenha um papel fundamental na construção de bases sólidas para o aprendizado futuro. Assim, vamos explorar a importância da leitura na Educação Infantil e como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) fornece orientações essenciais para o desenvolvimento literário nessa fase.

Conteúdo do Post

A Magia da Leitura na Infância

A introdução à leitura na Educação Infantil não é apenas um exercício de decifrar palavras, mas, sim, uma imersão no universo mágico da imaginação e da descoberta. A leitura nessa fase não apenas contribui para o desenvolvimento da linguagem como também estimula a criatividade, a compreensão emocional e a construção de um sólido repertório cultural.

A BNCC e a Valorização da Leitura na Educação Infantil

A BNCC reconhece a leitura como um dos pilares essenciais na Educação Infantil, destacando sua importância em diversos pontos do documento. Vejamos algumas diretrizes fundamentais:

Desenvolvimento da Linguagem e Compreensão do Mundo

A BNCC enfatiza que a leitura é uma ferramenta poderosa para o desenvolvimento da linguagem e para a compreensão do mundo ao redor. Ela destaca a importância de proporcionar às crianças o acesso a diferentes tipos de textos, desde contos tradicionais até literatura contemporânea.

Estímulo à Imaginação e à Criatividade

A leitura de histórias e contos infantis contribui significativamente para o estímulo da imaginação e da criatividade. A BNCC encoraja práticas pedagógicas que explorem a narrativa como meio de ampliar o repertório cultural e promover o desenvolvimento da expressão artística.

Promoção da Interação Social

A BNCC destaca que a leitura compartilhada entre crianças, professores e familiares é uma prática enriquecedora, promovendo a interação social e fortalecendo os vínculos afetivos. A vivência literária coletiva é vista como um elemento essencial para a construção de uma comunidade leitora desde a infância.

Diversidade de Gêneros Textuais

O documento orienta para a diversificação de gêneros textuais, indo além do livro de histórias convencional. Isso inclui poesias, músicas, parlendas e outros formatos que enriquecem a experiência de leitura e ampliam as possibilidades de expressão e compreensão.

Ensino bilíngue na sua escola!

7 Estratégias para Fomentar a Leitura na Educação Infantil

Para colocar em prática as diretrizes da BNCC referentes à leitura na Educação Infantil, educadores podem adotar estratégias específicas:

1. Cantinhos de Leitura

Criar espaços acolhedores e atrativos dedicados à leitura, com livros variados e acessíveis às crianças, incentivando a autonomia na escolha das histórias.

2. Contação de Histórias

A prática da contação de histórias, seja pelo educador, seja por colegas mais velhos ou até mesmo pelos próprios alunos, é uma maneira envolvente de estimular o interesse pela leitura.

3. Atividades Lúdicas

Integrar atividades lúdicas relacionadas à leitura, como dramatizações, jogos e brincadeiras que envolvam narrativas, contribui para a compreensão e apreciação do universo literário.

4. Integração com Outras Áreas do Conhecimento

Promover a integração da leitura com outras disciplinas, explorando temas interdisciplinares, proporciona uma compreensão mais ampla e contextualizada dos conteúdos.

5. Projetos Temáticos e Literários

Desenvolver projetos temáticos que integrem diferentes áreas do conhecimento à leitura pode potencializar o interesse das crianças. Por exemplo, ao explorar o tema “animais”, os educadores podem introduzir livros que abordam tanto as características dos animais quanto histórias fictícias protagonizadas por eles. Essa abordagem interdisciplinar enriquece a experiência de leitura, contextualizando-a em um cenário mais amplo.

6. Bibliotecas Itinerantes

A BNCC destaca a importância do acesso às diferentes formas de texto. Criar bibliotecas itinerantes nas salas de aula, em que os livros possam circular regularmente, proporcionará às crianças variedade e oportunidade de explorar diferentes gêneros textuais. Essa prática não apenas facilita o acesso aos livros, mas também estimula a curiosidade, incentivando a descoberta de novas narrativas.

7. Envolver as Famílias na Jornada Literária

Estabelecer uma parceria ativa com as famílias é crucial. A BNCC destaca a leitura compartilhada como uma prática enriquecedora. Criar momentos em que as famílias são convidadas a participar de atividades de leitura na escola ou a compartilhar livros em casa fortalece os laços entre a escola e a comunidade, além de promover um ambiente de leitura mais abrangente e acolhedor.

Ao implementar essas estratégias, os educadores não apenas seguem as diretrizes da BNCC, mas também contribuem para a construção de um universo literário rico e significativo para as crianças na Educação Infantil. A leitura, quando incorporada de forma criativa e envolvente, não é apenas uma habilidade a ser adquirida, mas uma jornada que enriquece a mente, o coração e o espírito das crianças, preparando-as para um futuro de prazer e de compreensão por meio das palavras.

A BNCC como Norteadora da Prática Literária na Educação Infantil

A BNCC, ao trazer a leitura para o centro das práticas pedagógicas na Educação Infantil, não apenas reconhece a importância da alfabetização, mas também destaca a leitura como um meio de construção de significados, interpretação de mundo e enriquecimento do repertório cultural. A base curricular reforça que a leitura, além de uma habilidade técnica, é uma ferramenta vital para o desenvolvimento integral da criança.

A ênfase na diversidade de gêneros textuais e na interação social durante as práticas de leitura destaca a visão da BNCC de que a formação literária deve ser rica, plural e integrada à realidade das crianças.

Importância da Leitura na Educação Infantil: Construindo o Futuro Literário

Em síntese, a importância da leitura na Educação Infantil, conforme preconizado pela BNCC, vai além da aquisição de habilidades linguísticas. Ela se estende ao estímulo da imaginação, ao fortalecimento dos laços sociais, à promoção da diversidade cultural e à construção de uma base sólida para o aprendizado futuro. Ao seguir as diretrizes da BNCC, os educadores não apenas ensinam a ler, mas plantam as sementes para a construção de um futuro literário, em que as crianças se tornarão não apenas leitoras como também protagonistas ativas no universo da leitura e da compreensão do mundo que as cerca.

10 dicas para engajar alunos durante todo o ano!
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

captacao_de_alunos

Captação de alunos: ferramentas de marketing para escolas

O cenário da educação vem enfrentando diversas mudanças, assim como outros segmentos do mercado (não precisamos repetir aquela história batida da maior empresa de transporte de passageiros do mundo não possuir veículos em sua frota,…

parceria_de_negocios

Parceria de Negócios: Qual a Opinião dos Parceiros do Edify

No mundo empresarial, uma parceria de negócios bem-sucedida vai muito além de uma simples transação comercial; envolve confiança mútua, comprometimento e uma visão compartilhada de sucesso. No caso do Edify, uma empresa focada em soluções…