Saltar para o conteúdo
ia_futuro_trabalho

IA e o futuro do trabalho e da educação: preparando jovens para o mundo da IA generativa

À medida que a inteligência artificial (IA) continua a moldar o panorama do trabalho e da educação, surge uma pergunta inquietante: a IA vai substituir seu trabalho?

Enquanto o temor de perder empregos para a IA persiste, também aumenta a demanda por profissionais que saibam explorar essa tecnologia em benefício próprio. Neste texto, exploraremos o papel da IA generativa no futuro do trabalho e da educação, destacando a importância de concentrar esforços na capacitação das pessoas, tornando a IA mais democrática e acessível. Afinal, para enfrentar os desafios e oportunidades que a IA traz, é essencial que todos, desde crianças até profissionais experientes, estejam preparados para essa revolução tecnológica.

A IA vai substituir seu trabalho?

Muito se fala, no mundo corporativo, como a IA generativa não vai nos substituir, mas como as pessoas que a usam, sim.

A aposta é que a IA generativa otimize tarefas que consomem, em média, 70% do nosso tempo no trabalho. Se por um lado existe um medo de perder o emprego, por outro, aumenta a demanda por profissionais que saibam usar a tecnologia a seu favor.

Este ano, tive o privilégio de participar de dois eventos de inovação e tecnologia, o SXSW e o Web Summit, e o insight mais valioso é que, na era da IA generativa, o mais importante é focar o ser humano, para que ele possa usar a tecnologia a seu favor, otimizar seu trabalho e, até mesmo, resolver problemas reais do mundo.

Mas para isso acontecer, é fundamental dar a ele o acesso à tecnologia e investir na capacitação de todas as pessoas, inclusive das crianças.

É preciso tornar a IA generativa democrática e acessível, assim como aconteceu com outras ferramentas básicas de estudo, como o papel e a calculadora.

Proibir ou banir a tecnologia das escolas, universidades ou corporações não é a solução ideal, isso só contribuirá para a exclusão das pessoas nesse tema, estimulando um abismo cultural irreversível no futuro. Esse foi o cenário catastrófico que a Ammy Webb, a futurista e CEO do Future Today Institute, apresentou para a plateia no SXSW 23. Ela prevê, ainda, que o saber usar a IA, no futuro, será o mesmo que nascer rico.

A Marina Dalbem, nossa Co-CEO, na sua entrevista para o O Globo, também abordou a insegurança dos pais e dos educadores quanto à relação dos jovens com a tecnologia e como tornar a escola um ambiente offline pode parecer um caminho mais fácil, mas não o melhor a ser percorrido. Marina falou, também, sobre a importância do uso da tecnologia de forma contextualizada, e é exatamente nisso que acreditamos aqui no Edify, e é por isso que a escola não pode ficar de fora dessa conversa.

Edify lança ferramenta de IA gratuita para escolas

Foi pensando nisso que lançamos a nossa ferramenta de IA gratuita para escolas no Projeto Empatia 23.

Mas você pode estar se perguntando: por que Empatia? Não estávamos falando sobre IA?

Porque, no Edify, a gente não acredita na tecnologia pela tecnologia, logo, nesse projeto, a IA, assim como o inglês, são apenas meios para fazer as novas gerações refletirem sobre outro tema que também não pode ficar de fora da escola: o futuro do nosso planeta.

Vivemos o julho e o setembro mais quentes da história e entramos na era da ebulição global. Para saber maiores detalhes, assista a este vídeo:

O projeto convida professores e alunos a imaginar o futuro do planeta com o uso de inteligência artificial. Por meio dele, eles aprenderão o que é um prompt e como criar um para gerar imagens com a ajuda de IA. Para tanto, estamos disponibilizando planos de aula exclusivos que ajudam o professor a trabalhar os dois temas em sala de aula de maneira eficiente.

E sabe o melhor? Qualquer professor ou escola pode participar. Para se inscrever e baixar seu plano de aula, acesse:

Participe do Empatia 2023!

Dessa forma, neste texto, nós exploramos o papel da IA generativa no futuro do trabalho e da educação, enfatizando a necessidade de focar os aspectos humanos, capacitar indivíduos de todas as idades e tornar a IA acessível e democrática. Em um mundo em que a IA é uma realidade, a preparação é a chave para enfrentar os desafios e abraçar as oportunidades que ela oferece.

A resposta à pergunta “A IA vai substituir seu trabalho?” reside na nossa capacidade de adaptar, educar e inspirar as gerações mais jovens para liderar o caminho em direção a um futuro brilhante e sustentável. Além disso, está claro que o Edify se posiciona como first mover, acompanhando as principais tendências educacionais e desenvolvendo ferramentas que contribuem para esse futuro.

Autor: Ana Antonio

Diferencie a sua escola!
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

curadoria_bett_brasil

Bett Brasil: tudo o que você precisa saber

Vamos mergulhar nos principais assuntos discutidos durante a Bett Brasil 2024, a maior feira de educação e tecnologia da América Latina. Aqui, apresentaremos um resumo do e-book produzido pelos especialistas do Edify, sendo uma referência…

ingles_para_criancas

Inglês para crianças: transforme o tempo de tela em aprendizado real com o Edify Play!

No mundo atual, em que a tecnologia se tornou uma parte intrínseca da vida diária, é fundamental encontrar maneiras de integrar o aprendizado às atividades digitais das crianças. No entanto, encontrar plataformas que não apenas…