Saltar para o conteúdo
desvendando_avaliacoes

Desvendando as avaliações e a personalização do ensino: um papo entre Marina Dalbem e Adriano Guimarães

No universo educacional contemporâneo, a busca incessante por proporcionar uma experiência de ensino cada vez mais rica e personalizada é um desafio que não pode ser subestimado, e é nesse contexto que o Edify, em sua incansável missão de revolucionar a forma como o inglês é ensinado nas escolas brasileiras, tem se destacado.

E para desvendar os segredos desse compromisso com a qualidade e a fluência no idioma, foi realizado o webinar “Escola Nota 10: Desvendando as Avaliações e a Personalização do Ensino”, com dois visionários da educação: Adriano Guimarães, CEO da Prova Fácil, uma empresa especializada em software para a gestão de processos avaliativos, e Marina Dalbem, co-CEO do Edify. Juntos, eles exploraram as intrincadas relações entre avaliações, personalização do ensino e a missão audaciosa do Edify de tornar o Brasil uma potência mundial em fluência em inglês.

Desvendando as Avaliações

No dia a dia da escola, a avaliação costumava ser vista como algo temido, uma carga negativa, uma experiência penosa. Essa percepção perdurou por muitos anos, enquanto a educação seguia um caminho tradicional, baseado na ideia de que apenas aqueles que alcançavam notas altas eram considerados inteligentes ou bem-sucedidos. As avaliações eram envoltas em mistério, deixando educadores e alunos sem entender completamente o seu propósito, como eram elaboradas e se realmente estavam cumprindo os objetivos propostos.

No entanto, à medida que observamos esse cenário, entendemos que é impossível ignorar que a avaliação faz parte constante de nossas vidas. Somos avaliados em praticamente todos os aspectos, desde o desempenho acadêmico até o progresso em nossas carreiras e habilidades interpessoais, e isso não deve ser encarado como uma ameaça, mas, sim, como uma ferramenta poderosa para o crescimento e a melhoria contínua.

Adriano Guimarães explora como a percepção das avaliações está passando por uma transformação significativa. A importância da avaliação está se tornando uma aliada no processo educacional, capaz de proporcionar uma visão clara e objetiva do progresso do aluno, suas habilidades e competências em desenvolvimento.

Mudança do olhar sobre os Métodos avaliativos

Uma das transformações mais impactantes no cenário educacional contemporâneo é a mudança fundamental no olhar sobre os métodos avaliativos. O paradigma tradicional de medir o desempenho dos alunos e atribuir notas estáticas está, gradualmente, sendo substituído por uma abordagem mais dinâmica e orientada para o progresso.

Hoje, compreendemos que as avaliações não devem ser vistas apenas como eventos pontuais, mas como uma ferramenta contínua de acompanhamento do desenvolvimento do aluno ao longo de sua jornada de aprendizado. A ênfase não está apenas na nota final, mas nas evidências tangíveis de progresso que surgem ao longo do caminho. Tanto para os professores quanto para os alunos, e essa mudança de perspectiva é revolucionária.

Para os educadores, a avaliação contínua oferece uma visão mais precisa e detalhada do progresso de cada aluno, permitindo ajustes imediatos nas estratégias de ensino, o que promove uma personalização eficaz do ensino e garante que as necessidades individuais sejam atendidas de maneira mais eficaz.

Para os alunos, essa abordagem traz clareza quanto às expectativas e ao seu próprio progresso. Eles não apenas recebem uma nota no final do semestre, mas têm a oportunidade de compreender seu crescimento ao longo do tempo e identificar áreas em que precisam melhorar.

No entanto, apesar dos avanços significativos nessa direção, ainda existe uma necessidade premente de se educar o mercado educacional, incluindo educadores e famílias, sobre como essa mudança de abordagem em relação às avaliações está moldando o futuro da educação.

A Tecnologia como Aliada na Avaliação e Personalização do Ensino

Cada aluno é único, com necessidades, ritmos de aprendizado e estilos de aprendizagem distintos, e é nesse cenário dinâmico e diversificado que a tecnologia emerge como uma aliada poderosa no processo de avaliação e personalização do ensino.

Uma das principais vantagens da tecnologia é a capacidade de personalizar a aprendizagem de acordo com as necessidades individuais de cada aluno, no entanto, essa personalização só é possível quando podemos medir com precisão o progresso e identificar lacunas de conhecimento. Essa é uma das áreas em que a tecnologia desempenha um papel crucial.

No contexto do ensino de inglês, medir o progresso dos alunos pode ser particularmente desafiador, uma vez que não existe uma única prova que avalie de forma abrangente a jornada linguística de um aluno. No entanto, soluções inovadoras, como as desenvolvidas pelo Edify, estão redefinindo a maneira como avaliamos e personalizamos o ensino.

O Edify adotou uma abordagem estratégica para medir o progresso dos alunos, a começar com provas diagnósticas semestrais. A empresa busca entender o que os alunos absorveram do conteúdo e identificar lacunas de aprendizado ao longo da jornada. Essas avaliações não são apenas um fim em si mesmas, mas um meio para personalizar a experiência de aprendizado.

Com base nos resultados dessas provas diagnósticas, o Edify personaliza a jornada de cada aluno, fornecendo exercícios e recursos personalizados, seja por meio de plataformas digitais, seja em sala de aula, com o auxílio dos professores. Isso garante que os alunos recebam o suporte necessário para superar suas dificuldades específicas.

Além disso, a tecnologia também possibilita uma avaliação mais ampla, que vai além das notas tradicionais e se concentra em competências e habilidades. Essa abordagem é fundamental para garantir que os alunos não apenas dominem a gramática, mas também desenvolvam suas habilidades de comunicação oral e escrita.

O que é uma boa avaliação?

Uma boa avaliação é mais do que um simples número ou nota, é uma ferramenta essencial no processo de ensino-aprendizagem que combina ciência e propósito. Seu verdadeiro valor reside na capacidade de medir com precisão o progresso do aluno, identificando áreas de melhoria e fortalecendo aquilo que já está bem. Ao utilizar um sistema de provas, é possível mensurar de maneira mais objetiva e fundamentada o conhecimento adquirido pelos alunos, permitindo uma análise aprofundada do seu desenvolvimento. A avaliação é um processo contínuo, moldado pela compreensão de que a aprendizagem é dinâmica e evolutiva e que a avaliação desempenha um papel fundamental na promoção do crescimento e no aprimoramento constante da educação.

IA nas Avaliações: Avaliação Somativa x Avaliação Formativa

A introdução da inteligência artificial (IA) nas avaliações está redefinindo o paradigma da avaliação somativa em direção à avaliação formativa. A IA oferece aos professores e alunos a oportunidade de tornarem os processos de avaliação mais fáceis e eficientes. Por exemplo, o uso de sistemas como o chatGPT possibilita a criação de avaliações inteligentes, mesmo em turmas grandes, abordando o mesmo conteúdo. Após a conclusão dessas avaliações, a IA é capaz de identificar as lacunas individuais de habilidades e competências de cada aluno automaticamente, e com base nesses insights, o sistema pode gerar novas avaliações personalizadas, adaptadas às necessidades específicas de cada aluno, promovendo, assim, um aprendizado mais direcionado e eficaz.

O papel do professor é insubstituível em um mundo repleto de informações acessíveis a todos. Mesmo com avanços na inteligência artificial e na disponibilidade de conteúdo, o professor continua a ser o guia essencial na jornada do aprendizado. Com a ajuda da IA, o educador se torna um facilitador que capacita os alunos a desenvolver autonomia, curiosidade e a habilidade de aprender ao longo de toda a vida. Como educadores, nosso desafio é criar soluções e experiências que promovam esse nível de autonomia, incentivando os alunos a explorar, questionar e se tornarem aprendizes autossuficientes em um mundo em constante evolução.

O Educador do Futuro: Capacitando Cidadãos Autônomos na Era da Tecnologia

Um educador exemplar compreende a importância de utilizar todos os meios de ensino, avaliação e tecnologia disponíveis para capacitar seus alunos a se tornarem cidadãos autônomos e aprendizes eficazes. No cenário educacional atual, temos à nossa disposição uma vasta gama de ferramentas e recursos que podem ser aproveitados para enriquecer a experiência de aprendizado. Ao abraçar essas possibilidades, um bom educador não apenas transmite conhecimento, mas também cultiva a capacidade de aprender de forma independente e adaptável, capacitando os alunos a enfrentar os desafios de um mundo em constante mudança.

ChatGPT e outras Inteligências Artificiais na Educação
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

captacao_de_alunos

Captação de alunos: ferramentas de marketing para escolas

O cenário da educação vem enfrentando diversas mudanças, assim como outros segmentos do mercado (não precisamos repetir aquela história batida da maior empresa de transporte de passageiros do mundo não possuir veículos em sua frota,…

parceria_de_negocios

Parceria de Negócios: Qual a Opinião dos Parceiros do Edify

No mundo empresarial, uma parceria de negócios bem-sucedida vai muito além de uma simples transação comercial; envolve confiança mútua, comprometimento e uma visão compartilhada de sucesso. No caso do Edify, uma empresa focada em soluções…