Saltar para o conteúdo
ensino_ingles

A receita para a escola se destacar no ensino de inglês

“Como a escola pode se destacar no ensino de inglês?” — essa foi a pergunta que fizemos para Raquel Carlos, diretora acadêmica do Edify, e ela respondeu com esta receita completa para você!

A seguir, confira o texto escrito pela Raquel Carlos, descubra os ingredientes e conheça as dicas que ela separou e que não podem faltar numa receita de sucesso para o ensino de inglês nas escolas.

Visão de educação bilíngue

Ser bilíngue, hoje, é muito mais do que aprender o idioma e desenvolver competências comunicativas.

Ser bilíngue passa por enxergar a língua inglesa como mecanismo e ferramenta para ler, navegar e se integrar ao mundo.

Sendo assim, além de atividades para apresentar e praticar a língua, vale lembrar que a sala de aula de inglês também é lugar para envolver os alunos em práticas e interações sociais autênticas, recheadas de conteúdos inovadores, atuais e alinhados à BNCC.

Imagine só os alunos aprendendo os diferentes tipos de frutas enquanto preparam uma salada fresquinha e compartilham o lanche!

Ou pensando em looks para apresentar em seu próprio desfile de modas enquanto aprendem o vocabulário para descrever peças de roupas.

Ou, ainda, discutindo o quanto conhecem as diferenças entre interagir com uma inteligência artificial e um ser humano, bem como os impactos disso.

São interações como essas que deixam claro para os alunos e responsáveis que o inglês que aprendem em sua escola é para ser aplicado de imediato no dia a dia. O resultado disso? Alunos motivados e cada vez mais engajados em sua jornada de aprendizagem.

Experiências digitais

Outro ingrediente para que sua escola se destaque no contexto de educação bilíngue é a inserção de experiências digitais no percurso dos alunos.

Nossos meninos e meninas são nativos digitais e navegam por plataformas, recursos e conteúdos digitais com o mesmo conforto que o fazem no mundo off-line (ou mais, a julgar pelo que vejo em casa, com meus filhos!).

Sendo assim, integrar experiências digitais ao currículo é se aproximar de suas realidades e trabalhar aspectos de letramento digital essenciais para a formação de cidadãos bilíngues.

Professores energizados

Professores são, seguramente, uma das maiores riquezas quando pensamos em educação bilíngue.

Assim como a mágica de transformar bons ingredientes em pratos deliciosos está na habilidade do cozinheiro, a mágica da sala de aula acontece pelas mãos dos professores.

Os professores de sua escola precisam se sentir prontos e confiantes para transformar currículos, soluções e conteúdos em aulas memoráveis e encantadoras.

Isso é possível com uma formação continuada que respeite o cotidiano desses professores de forma prática, breve e direcionada, e você pode garantir que isso aconteça por meio de uma estratégia de microconteúdos que possam ser consumidos onde e quando seus professores precisarem.

Lembre-se, ainda, de que nós, professores, adoramos uma troca (sim, eu me encaixo orgulhosamente nessa categoria).

Dessa forma, estimule esse sentimento de comunidade por meio de encontros síncronos e fóruns online.

Momentos para lembrar e compartilhar

Uma receita especial merece ser servida em louça nova e compartilhada com familiares e amigos, não é mesmo? Adicione à sua lista, então, momentos para que alunos e professores apresentem, a seus pais, responsáveis e a toda a comunidade escolar, suas produções e conquistas.

Aqui, valem performances musicais, gravação de vídeos, apresentações orais, peças teatrais, concursos, enfim, a lista de possibilidades é vasta. Admito que organizar tais momentos em meio ao dia a dia escolar pode ser bastante desafiador, mas garanto que as lembranças e a repercussão positiva que trazem perdurarão por muito tempo no calendário.

Inovação em avaliação

Antes de servir, vale uma clicada nesta receita mais que especial. A última dica que compartilho para sua escola brilhar no ensino de inglês este ano é sobre avaliação.

Durante a jornada de aprendizagem dos alunos, é importante que sejam utilizadas soluções e instrumentos de avaliação que permitam que gestores, professores e alunos verifiquem o progresso da aprendizagem e possam, a partir dos resultados, traçar planos de ação personalizados.

Uma boa avaliação marca as conquistas obtidas e auxilia professores a tratar eventuais pontos de desenvolvimento de suas turmas. Com isso, os alunos seguem evoluindo em sua caminhada de atuação como cidadãos bilíngues neste mundo globalizado.

Agora que você já conhece os ingredientes para a sua escola se destacar no ensino de inglês, não deixe de conversar com um de nossos consultores para saber como o Edify pode ajudar você no preparo desta receita!

Diferencie a sua escola!
Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados:

projeto_bilingue

Projeto Bilíngue: O que é e como funciona?

Com a globalização cada vez mais presente em nossas vidas, a importância do aprendizado de línguas estrangeiras tem se destacado no cenário educacional. Nesse contexto, o projeto bilíngue tem se tornado uma abordagem popular para…

pessoa_bilingue

Pessoa bilíngue: como se tornar uma?

Uma pessoa bilíngue é aquela que tem fluência em duas línguas. Mas quando, exatamente, uma pessoa se torna bilíngue? Ser bilíngue é uma habilidade valiosa em um mundo cada vez mais globalizado. Aprender uma segunda…